• Colaborou Jamile Romeu

Surpresa: Recebemos o box de livros da leiturinha!


Aos 12 anos minha mãe comprou o livro A moreninha para que eu fizesse um trabalho de escola. Nada contra a literatura de 1800, mas sinceramente, eu era apenas uma criança tentando decifrar um texto feito em ordem inversa e com palavras da época de Napoleão Bonaparte. Já não tinha o hábito da leitura em casa e o resultado não poderia ser diferente: passei a detestar a literatura!

Depois do nascimento da Tarsila eu passei a me perguntar: como fazer para que ela tenha experiências melhores que as minhas?

Já tem um bom tempo que ouço falar da assinatura de livros infantis da Leiturinha e sempre tive curiosidade. Ficava pensando se valia a pena e se a Tarsila realmente iria aproveitar. Vi uma propaganda nas redes sociais em que o primeiro mês era gratuito e no final você poderia optar por permanecer na assinatura, ou não, pelo valor de R$ 34,90 por mês + frete, no plano semestral. Resolvi testar.

Passaram alguns dias e o porteiro deu a notícia: tem encomenda pra vocês! Opa! Preparei a Tarsila, contei a novidade e recebemos o nosso pacote, que aliás, tem um toque de carinho no laço, no perfume e uma aparência fofa de que foi feito pela vovó. Rasgamos o pacote e checamos o conteúdo. Foram enviados:

- Um livro interativo de capa e folhas bem grossas.

- Uma caixa montável para organizar os livros recebidos.

- Uma cartela de adesivos.

- Dois marcadores de página em forma de animais.

- Dois fantoches de dedo.

- Informativos da Leiturinha e orientações pedagógicas.

Tarsila amou e eu observei as reações dela e todo o material para poder fazer a resenha pra vocês.

O livro é sobre as cores, de ótima qualidade, com folhas bem duras e compatível com a idade dela. Os fantoches de dedo são uma gracinha e ela brincou bastante com eles depois. Com relação a cartela de adesivos, eu acredito que seja para crianças maiores, pois eu dei um vacilo, ela rasgou a abelha no meio e começou a chorar... arrumei um problema. Depois que eu expliquei que eles grudavam e dei uma ajuda, tive uma surpresa, Tarsila passou mais de 30 minutos entretida com eles (isso é raro!). Grudou na parede, na cabeceira, na perna, no braço, no chão... todos foram colados, recolados e destruídos. Acho que seria mais interessante que eles enviassem materiais mais grossos e difíceis de estragar, ela se divertiu, mas fica a dica! Lemos juntas e ela gostou muito da interatividade do material, que tem umas portinhas para abrir. Ela leu com a vovó, com a titia, com o papai e falou da Leiturinha pra todo mundo. Gostei muito da experiência e da união familiar que essa leitura gerou.

Além dos produtos, uma das coisas que mais me agradam é o elemento surpresa. É muito legal receber o box sem saber o que tem dentro e gostamos dessa expectativa. A periodicidade também é muito interessante, pois, como não tínhamos esse hábito, raramente comprávamos livros aqui pra casa.

Vamos continuar com a assinatura e acredito que esse primeiro contato dela será bem mais divertido do que as minhas leituras de infância. Nada contra Cassimiro de Abreu e Machado de Assis, mas creio que tudo tem seu momento certo!

Para saber mais acesse:

http://www.leiturinha.com.br

#Leitura #Educação

 Brasília DF  |      © 2015 Papai no controle  | blogpapainocontrole.com