• Mamãe Jamile Romeu

10 Coisas estranhas que ninguém te contou sobre a gravidez


A barriga cresce, o raciocínio fica lento e a mulherada é capaz de enjoar até do marido. Muitos sintomas não são surpresa para ninguém, mas existem coisas que acontecem nesses nove meses, que vão além do mundo mágico das propagandas.

Pensando nisso, resolvi compartilhar com vocês os 10 fatos sobre a gravidez que ninguém teve coragem de me contar:

1. Partes estranhas do corpo vão escurecer

Durante a gravidez, os mamilos escurecem devido a um hormônio chamado melanócito. Especialistas dizem que isso acontece para que o bebê tenha mais facilidade para visualizar o bico do peito durante as mamadas. Mas não é só ele que recebe mais melanina, as axilas, virilha, cotovelos e joelhos entram na lista, além da linha nigra, que aparece abaixo do umbigo. Depois que a Tarsila nasceu, eu tive uma descamação na pele, principalmente no braço e na barriga, eu passava a bucha com sabão e pasmem, eu conseguia ver a saída da camada escura de tecido.

2. Tchau depilação definitiva Os hormônios andrógenos (masculinos) podem aumentar e acelerar o crescimento dos pelos por todo o corpo. Se você fez alguma depilação com lazer ou luz pulsada, pode ter uma triste surpresa: eles voltam com força total. Pelo menos aconteceu comigo. Se você está fazendo algum procedimento de depilação definitiva, como os com laser ou eletrólise, vai ter que dar uma pausa, porque a mudança hormonal pode provocar o escurecimento da pele no local das aplicações. Outras técnicas com produtos químicos também não são aconselhadas. Só resta a cera e a lâmina mesmo. Outra coisa, a cera pode doer um pouco mais do que antes.

3. Respeitem as hemorroidas

Sim. Provavelmente ninguém te contou isso, mas metade das grávidas tem. As causas são muitas e vão desde o peso da barriga, prisão de ventre, aumento do volume de sangue no corpo, dilatação das veias e sobrepeso. O ideal é aumentar muito a ingestão de fibras e água durante a gravidez. Mas, se a coisa ficar feia, não tenha vergonha de pedir socorro ao seu obstetra. Acredite, eles estão acostumados. Só um médico pode passar pomadas, medicamentos e banhos de assento. O baby center tem uma publicação muito boa sobre o assunto AQUI.

4. Cérebro diminui

Pesquisas indicam que as dimensões do cérebro da mulher diminuem durante a gravidez. Essa pode ser uma das explicações para os constantes esquecimentos e a sensação de estar “avoada” e desinteressada. Isso é muito comum e também é conhecido como letargia, onde os níveis de concentração caem drasticamente. Outros motivos são os enjoos constantes, cansaço, estresse e expectativas do nascimento do bebê. Mas fique tranquila, você vai voltar ao normal uns 6 meses depois do nascimento.

5. Dor nos pulsos Essa foi uma coisa que me surpreendeu muito durante a gravidez. Sentia muita dor nos punhos e dormência nas mãos. Esses sintomas podem estar ligados à síndrome do túnel do carpo, mais comum para quem desenvolve atividades repetitivas, ou está grávida. A retenção de líquidos e o inchaço podem fazer com que aumente a pressão dentro desse espaço, chamado túnel do carpo, comprimindo o nervo mediano e causando dor. Esse é um sintoma comum entre as gravidinhas, embora pouco comentado.

6. Gengiva sangrando

As buchudinhas precisam ter um cuidado especial com os dentes nesse período. Troque a escova por uma com cerdas macias e muito cuidado com o fio dental. As gengivas ficam mais inchadas, com maior quantidade de sangue e podem sangrar. A propensão às cáries também aumenta.

7. Barriga de todos

Sua barriga vai se tornar área de domínio público. Pelo menos o povo pensa assim. Pessoas que você nunca viu na vida vão chegar do nada e pegar em você. No início da gravidez isso pode até dar briga, mas acredite, você vai se acostumar a ver aquela blusa branca encardida na parte da barriga. Tenha paciência, você também vai perceber como o mundo é gentil com uma mulher barriguda.

8. Supernariz

Com o aumento da circulação, os sentidos também ficam mais aguçados. O que mais merece destaque é o olfato. E isso não foi um ponto positivo pra mim. Sentia cheiro de absolutamente tudo ao meu redor, como se eu tivesse um supernariz. Veneno, cânfora, perfumes, cheiro de madeira das portas de casa e tudo mais que você imaginar. Isso me causava um enjoo profundo. Muitas pessoas não respeitam, acham que é frescura e mandam ver no perfume. Pesquisadores dizem que essa alteração é importante para que a mulher saiba identificar coisas que podem fazer mal ao bebê.

9. Boca cheia de água

Você já viu uma grávida cuspindo constantemente? Essa é uma coisa curiosa e, cientificamente chamada de ptialismo ou sialorreia. A salivação em uma pessoa não gravida é de 1 litro por dia, já as grávidas podem chegar aos 10 litros. Isso causa um desconforto e uma vontade de cuspir o tempo todo, além de aumentar o enjoo. Mas calma, essa salivação normalmente vai embora lá pela 20ª semana.

10. Nariz entupido

Outra coisa muito louca da gravidez. O estrogênio atua bastante no sistema circulatório. Ele favorece a dilatação dos vasos e prepara o corpo para o aumento da quantidade de sangue. Toda essa dilatação vascular contribui para a gestante apresentar sintomas de rinite e, por consequência, o entupimento do nariz. Isso aconteceu muito comigo. Mas atenção para os descongestionantes nasais, eles também são medicamentos e podem fazer mal ao bebê.

Os sintomas que eu listei são incômodos e até desagradáveis, mas não são tudo. Muitas coisas maravilhosas acontecem e você vai se sentir parte do plano de Deus no processo de criação da vida. Isso é maravilhoso e faz valer a pena todas as coisas estranhas que acontecem com o seu corpo.

O principal remédio para combater sintomas desagradáveis são: a compreensão, a informação e a participação do pai da criança e da família em todo esse processo. Com isso, a gravidinha vai se sentir mais segura e confortável. Conte conosco para tirar dúvidas e não se esqueça do principal: um médico de confiança e um pré-natal feito com todo o carinho que o bebê merece.

Aproveite para ler nosso post sobre o sentimento de culpa que acomete muitos papais e mamães!

#Gravidez #Gestação #Segredosdegrávidas

 Brasília DF  |      © 2015 Papai no controle  | blogpapainocontrole.com